A Indústria 4.0 e a Gestão da Qualidade – Desafios e Perspectivas – parte 1 de 4 – Introdução

Aos poucos a temática da indústria 4.0 vem ocupando espaço nas discussões técnicas eacadêmicas, consolidando-se, aos poucos, como uma expectativa de um novo paradigma de produção industrial (TROPIA, SILVA e DIAS, 2020). Também chamada de 4ª revolução industrial, esse modelo desenhado em 2011 para fortalecer a competitividade de industrias manufatureiras alemãs, propõe o uso de sistemas cyber-físicos, tais como “Internet das Coisas”, caracterizado pela adoção detecnologias digitais e sistemas de informação para maior conectividade e integração entre os recursos de produção (máquinas, pessoas, equipamentos e sistemas de informação) (KAGERMANN etal,2013). Em nosso dia-a-dia, equipamentos como a Alexa e Google Home têm trazido experiências mais próximas ao que seria a “Internet das Coisas” em nosso cotidiano, e, talvez, permita de forma mais prática, vislumbrar como tais recursos cyber-físicospoderiam funcionar no cotidiano industrial, conectando, por exemplo, pedidos de vendas à robôs que separem produtos no estoque para entrega, bem como disparem ordens de produção e compra, interagindo com recursos de produção e cadeia de suprimento, tudo monitorado e aperfeiçoado com modelos de inteligência artificial… Ufa! – Estou ficando velho (risos)… Mas, como todo esse processo afetaria as rotinas de gestão da qualidade? Sem maiores pretensões, propomos através desse artigo, alguns desafios e perspectivas que vem sendo tratados por especialistas e pela academia, desenhando as possibilidades futuras nessa temática. Para esse despretensioso esboço, dividiremos esse tema em 3 capítulos, sendo o primeiro que apresenta um trabalho dos autores Tropia, Silva e Dias (2020) que propõe a caracterização do sistema produtivo na Indústria 4.0 sobre 4 dimensões: (a) Relações na cadeia produtiva; (b) Organização da empresa; (c)Organização da produção e (d) Organização do trabalho. No segundo capítulo, nos apoiaremos em um estudo relevante feito em indústrias da Malásia sobre a relação entreo ambiente da Indústria 4.0 em indústrias manufatureiras. Por fim, apresentaremos um trabalho que trata sobre os desafios futuros para a engenharia da qualidade. Esperamos que tal temática contribua para os profissionais e acadêmicos da área de gestão da qualidade, de forma a estimular um ambiente de contribuição coletiva e debate, para nos prepararmos para o futuro… Que já está chegando.

Referências: Tropia, C. E. Z; Silva, P. P e Dias, A. V.C. (2017) Indústria 4.0: Uma caracterização do sistema de produção – trabalho apresentado no XVII Congresso Latino-Iberoamericano de Gestion Tecnológica.Kagermann, H., W. et al. (2013) Recommendations for implementing the strategic initiative Industrie4.0: Final report of the Industrie 4.0 Working Group. Extraído de http://www.acatech.de/fileadmin/user_upload/Baumstruktur_nach_Website/Acatech/root/de/Material_fuer_Sonderseiten/Industrie_4.0/Final_report__Industrie_4.0_accessible.pdf

 

Deixar uma resposta